Últimos assuntos
» O SAGRADO (Parte 1)
Sab Mar 13, 2010 7:53 am por willames

» 1º Café Filosófico
Ter Jul 07, 2009 1:33 am por Kalleu Natividade

» Bloggler - O Canto dos Blogeiros
Sab Jul 04, 2009 4:04 am por Kalleu Natividade

» Cultura - Resumo
Qui Jul 02, 2009 8:33 pm por Kalleu Natividade

» O Que é o Espaço Kalyl Clive?
Qui Jul 02, 2009 2:41 am por Kalleu Natividade

» Hoje é 30!!!
Qua Jul 01, 2009 3:32 am por Kalleu Natividade

» Ética - Resumo
Qua Jul 01, 2009 1:40 am por Kalleu Natividade

» Não, Obrigado!
Qua Jul 01, 2009 1:16 am por Kalleu Natividade

» Leiam Esse Poema!!!
Sex Jun 26, 2009 12:15 am por Alexandre de Jesus

Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Votação

O SAGRADO (Parte 1)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O SAGRADO (Parte 1)

Mensagem  Almir Lima em Qui Jun 25, 2009 11:20 pm

O SAGRADO

O QUE É O SAGRADO?

O sagrado é uma experiência da presença de uma potência ou de uma força sobrenatural que habita algum ser – planta, animal, humano, coisas, ventos, água, fogo. Essa potência é tanto um poder que pertence propriamente ao ser, quanto algo que ele pode possuir e perder, não ter e adquirir.
Nas palavras de Mircea Eliade em seu livro O Sagrado e o Profano, a primeira definição, ou talvez, a única coisa que de fato que possa ser afirmada a respeito do sagrado, é que ele é o oposto do profano, sendo que para o fenômeno religioso o sagrado é a vida religiosa e o profano a vida secular e essa oposição entre sagrado e profano traduz-se, muitas vezes, como oposição entre o real e o irreal
O sagrado sempre encanta o mundo, através de suas hierofanias, que são as manifestações de força e poder inteiramente diferente das realidades ‘naturais’, esse encantamento pode gerar tanto medo como admiração e nesse processo surge o sentimento religioso e a experiência da religião.
Para Rudolf Otto no clássico livro O Sagrado nos dá sua percepção sobre o assombro de tentar, através da experiência religiosa, entrar em contato com o Sagrado.
“...sendo um arrepio místico, desencadeando como efeito colateral na autopercepção o sentimento de criatura a sensação da própria nulidade, de submergir diante do formidável e arrepiante objetivamente experimentado no receio.’” (Otto Rudolf – O sagrado. p49).

Almir Lima

Mensagens : 1
Pontos : 4
Reputação : 1
Data de inscrição : 25/06/2009
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Continuação

Mensagem  Kalleu Natividade em Seg Jun 29, 2009 2:24 pm

RELIGIÃO UMA BUSCA PELO SAGRADO
A palavra religião vem do latim: religio, formada pelo prefixo re (outra vez, de novo) e o verbo ligare (ligar, unir, vincular). A religião é um vínculo. Quais as partes vinculadas? O mundo profano e o mundo sagrado, isto é, a Natureza (água, fogo, ar, animais, plantas, astros, metais, terra, humanos) e as divindades que habitam a Natureza ou um lugar separado da Natureza.
Essa definição engloba necessariamente qualquer forma de aspecto místico e religioso, abrangendo seitas, mitologias e quaisquer outras doutrinas ou formas de pensamento que tenham como característica fundamental um conteúdo Metafísico, ou seja, de além do mundo físico.

PRESENÇA DA RELIGIÃO EM TODA A CULTURA HUMANA
Não há registro em qualquer estudo por parte da História, Antropologia, Sociologia ou qualquer outra "ciência" social, de um grupamento humano em qualquer época que não tenha professado algum tipo de crença religiosa. As religiões são então um fenômeno inerente a cultura humana, assim como as artes e técnicas.
Grande parte de todos os movimentos humanos significativos tiveram a religião como impulsor, diversas guerras, tiveram legitimação religiosa, estruturas sociais foram definidas com base em religiões e grande parte do conhecimento científico, "filosófico" e artístico tiveram como vetores os grupos religiosos, que durante a maior parte da história da humanidade estiveram vinculados ao poder político e social. A Religião é parte integrante e inseparável da cultura humana, é muito provavelmente sempre continuará sendo.

Bibliografia:

Chauí, Marilena– Convite à Filosofia, Ed. Ática, São Paulo, 2000.
Otto Rudolf – O Sagrado, Petrópolis, Vozes 2007
Alves, Rubem Azevedo – O que é Religião, Abril Cultura, Brasiliense, 1984
Eliade, Mircea – O Sagrado e o Profano, Martins Fontes, 1992
Marcos Valerio – Site: www.xr.pro.br
avatar
Kalleu Natividade
Admin

Mensagens : 15
Pontos : 30
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/05/2009
Idade : 30
Localização : Candeias

Ver perfil do usuário http://www.kalylclive.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

comentário sobre o text: Sagrado

Mensagem  willames em Sab Mar 13, 2010 7:53 am

Kalleu adimiro a iniciativa de publicar textos referentes a temas bastante reflexivos, portanto, isso deve ter todo um cuidado vc está publicando textos de outras pessoas como se fosse seu.Seria muito bom que já começasse a produzir seus próprios textos, isso siim seria muito significativo.
foi apenas uma dica, blz?
Willames Frank

willames

Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 13/03/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O SAGRADO (Parte 1)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum